Boas Vindas!

Você está no Congresso Nacional!
Um lugar onde se junta pessoas dos mais diversos estilos, etnias, gostos e opiniões e ficam aqui, sem qualquer tipo de receio, levando a banca suas palavras e considerações sobre os mais diversos assuntos.
Vamos apresentar nossas idéias, debatê-las ao fundo e, se alguma coisa for útil, agregar às nossas, se não, engavetá-las!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

É Carnaval

Como é cruel levantar ainda noite, voltar pra casa quando a noite já voltou. Trabalhar e trabalhar e saber, ao final de um ano, que 4-5 meses ficaram 'Impostos ao sistema'. E saber, ainda, que se quiser ter um atendimento de qualidade na Saúde, terá de pagar. Dormir com tranquilidade, terá que morar em condomínio seguro. Uma Educação que realmente venha formar, uma escola particular. Mas nem tudo está perdido! O Cartão Corporativo é uma solução para seus gastos extras com academias, restaurantes, hotéis, viagens e excursões. Claro, que também poderá ser utilizado para despesas do dia-a-dia e até para saques. O interessante é, que a fatura não vai para sua casa. Extraordinário!Pague tudo o que quiser com ele, e sem limite. Aluguel de carros, combustível, teatros. Faça a reforma de sua casa, a mobilia. Esqueça o começo de ano que trabalha para recolher o que é Imposto. É Carnaval!

5 comentários:

Darth Magnus disse...

A questão do cartão corporativo normalmente não funciona nem nas empresas privadas, pois é muito fácil maquiar as despesas através de notas fiscais frias. Quantas vezes eu tive a oportunidade de ir beber (sim, bebidas alcoolicas!) com meus chefes e no final eles pediam ao estabelecimento uma nota fiscal com descrição de almoço/janta. Quem dirá nossos politicos!?

A ministra da "igualdade racial" já até pediu demissão, a mesma aceita pelo Lula, por causa do cartão. O ministro dos esportes, já devolveu, depois de apurada despesas irregulares, 30 mil reais.

E isso não é nada! Há uns 2 meses alguns vereadores e prefeitos de todo o país, foram a um congresso do Ibram na Argentina, mas o detalhe em questão é o seguinte: não houve o tal congresso!!!! Nossos representantes ficaram por lá, com as despesas bancadas por nós, fazendo turismo! Isso mesmo, TURISMO!

Mas no Brasil sempre é assim, nós deixamos tudo acabar em pizza! Claro, somos todos ricos e pagamos impostos com o maior prazer, pois este dinheiro não nos faz falta e mesmo sabendo que ele não será realmente utilizado no que se deve, sendo desviado, que mal tem? Afinal, políticos também tem famílias!

E o Carnaval? É sabido que o Brasil só começa a funcionar depois do mesmo, e por sorte, este ano foi colocado no início de Fevereiro. Não sei se isso é bom como algum fator cultural que caracteriza nosso país lá fora, pra mim realmente não é. Mas tenho uma proposta, por que não por o Carnaval na semana entre Natal e Ano Novo? As reais origens da data de Natal são muito parecidas com o que propõe o Carnaval, então ficaria perfeito: mesmos temas e apenas uma semana perdida! Quando terminasse estas festas e começasse o ano, realmente o ano estaria começando pra valer! rsrs

links sobre o congresso na Argentina:
http://bomdiabrasil.globo.com/Jornalismo/BDBR/0,,AA1663141-3682,00-TURISMO+COM+DINHEIRO+PUBLICO.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM759006-7823-POLITICOS+FAZEM+TURISMO+AS+CUSTAS+DO+DINHEIRO+PUBLICO,00.html

Alfredo disse...

É incrível ver como essas coisas se multiplicam, cada vez surge uma história pior que a outra, não dá nem para acreditar. Nosso cenário político parece até um filme de comédia, aliás, se fosse essa a finalidade da política nacional, fazer comédia, até que teríamos políticos bons...

E o pior de tudo é que ficamos assistindo esse filme sem graça sem muita perspectiva de ver surgir algum mocinho na história... rs.

Darth Magnus disse...

Toda regra tem excessão!
No Brasil há políticos que trabalham no Carnaval sim!

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL287963-5601,00-VEREADORES+DO+RS+APROVAM+REAJUSTE+DURANTE+CARNAVAL.html

Sim... estava bom demais... eles trabalham no Carnaval, mas somente em causa própria!

Nefelibata disse...

Voto nulo em grande escala com manifestações de rua para mostrar que uma parcela cada vez maior de pessoas não acredita mais em políticos (eu deixei de acreditar faz tempo!!!)

Quanto mais campanhas pelo voto nulo, melhor.

CENSURA É FODA!!!

Darth Magnus disse...

Como se já não fosse batante as proporções que o caso dos cartões corporativos do governo federal estão alcançando, com direito a uma CPI mista entre Senado e Câmara, o estado de SP conseguiu se superar e superar o federal!

Enquanto o federal gastou quase R$ 80 milhões com os cartões, com despesas apuradas em tapiocas, lojas de conveniência, restaurantes finos, presentes, free shops, o estadual gastou a bagatela de R$ 108 milhões!! Pior que deste valor, quase 45% foi de saque, ou seja, despesas que se tornam desta forma mais fácil de ser manipulada!

O governo do estado já até proibiu o saque com o cartão por tempo indeterminado, mas falta a ele a decisão de divulgar, assim como é feito de forma parcial no caso federal, o site com as informações sobre os gastos dos cartões. Querem até fazer uma CPI por aqui, mas dificilmente ocorrerá, visto que a maioria aqui é do governo e eles não adimitem a idéia de uma CPI.

Outro fato a ser mencionado: governo e oposição, tanto na câmara federal, quanto no senado, parecem caminhar para um conchavo sobre este caso dos cartões, visto que a cpi será para apurar as despesas do mesmo a partir da época de Fernando Henrique. Façamos como a eterna oposição a governo e a própria oposição (PSOL, PSTU, entre outros), vamos ficar de olho!

Postei alguns links na capa do blog com acesso a arquivos com os e-mails de nossos representantes, quem quiser se comunicar com eles, já pode começar!!!